Ao Papa Francisco . Reza

Jacopo Pontormo: Study of Angel for the Annunciation, 1527

Eu levanto-me hoje
Pelo imenso poder da invocação da Trindade,
Pela minha crença com que Ele é Três,
Pela minha confissão que Ele é Um,
O Criador da Criação.

Eu levanto-me hoje
Pelo poder do Nascimento de Cristo e do seu
Baptismo,
Pelo poder da Sua Crucifixão e do Seu Enterro,
Pelo poder da Sua Ressurreição e da Sua Ascensão,
Pelo poder da Sua vinda no dia do Juízo Final.

Eu levanto-me hoje
Pelo poder do amor do Querubim,
Na obediência dos Anjos,
No serviço dos Arcanjos,
Na esperança da ressurreição minha recompensa,
Nas preces dos Patriarcas,
Nas predições dos Profetas,
Na pregação doa Apóstolos,
Na fé dos Confessores,
Na inocência das Virgens,
Nas obras dos Homens Justos.

Atribuído a São Patrício (século V)
in O Grito do Gamo - Poemas Celtas da Fé e do Sagrado
(tradução de José Domingos Morais)

Domini est salus, Domini est salus, Christus est salus; Salus tua, Domine, sit semper nobiscum.

[Ao Senhor pertence a Salvação, ao Senhor pertence a Salvação, a Cristo pertence a Salvação; Que a Tua Salvação, Senhor, esteja sempre connosco.]